Revista ConstruChemical - Edição 31

Revista ConstruChemical - Edição 31

REVISTA CONSTRU CHEMICAL 17 POLIURETANOS 80 anos de poliuretano COVESTROCONDUZAHISTÓRIADESUCESSODEPROJETOSINOVADORES ESUSTENTÁVEISQUE FAZEMDOMUNDOUMLUGARMELHOR Os poliuretanos mudaram o mundo. Devemos agradecê-los pelos refrigeradores com eficiência energética, móveis estofados confortáveis, assentos de carro seguros, revestimentos protetores e com- pósitos leves. Há 80 anos, Otto Bayer descobriu a química do poliuretano praticamente por acidente. Sua perseverança e criatividade lançaram o sucesso arrebatador de um dos plásticos mais versáteis do mundo, e a história de sucesso está longe de acabar. “Com curiosidade e coragem, a Covestro está avançando no desenvolvimento de poliuretanos para fazer do mundo um lugar melhor”, diz Daniel Meyer, head global daUnidade de Poliuretanos. “Es- tamos desafiando os limites para desenvolver mate- riais isolantes mais eficientes, materiais ainda mais leves e produtos commaior economia de recursos.” Todos os novos desenvolvimentos devem aten- der aos objetivos de sustentabilidade da Covestro. “Tomamos uma abordagem abrangente para todo o ciclo de vida do produto, incluindo os aspectos so- ciais, ecológicos e econômicos”, diz Meyer. “Nossos produtos são fabricados com base no carbono. Nos- so objetivo é tirar o benefício máximo do carbono que utilizamos.” REFRIGERADORES AINDA MAIS EFICIENTES Os poliuretanos contribuem de maneira impor- tante para garantir o fornecimento global dos ali- mentos: 95% dos refrigeradores do mundo contêm isolamento térmico com espuma rígida de poliure- tano – e o sistema de poliuretano BaythermMicro- cell pode elevar a sua performance de isolamento em mais 10%. Isto significa maior economia de energia e custos domésticos e redução da emissão de CO2. Uma fabricante líder em utensílios já está utilizando este sistema em sua produção. DIÓXIDO DE CARBONO COMO MATÉRIA-PRIMA ACovestro desenvolveu ummétodo para utilizar o gás do efeito estufa CO2 para sintetizar os com- ponentes do poliuretano. Comercializa essas maté- rias-primas, conhecidas como polióis, sob a marca Cardyon, para a produção de espuma flexível de po- liuretano, e opera uma nova planta de produçãopara isso em sua unidade de produção emDormagen, na Alemanha. Até 20% das matérias-primas fósseis an- teriormente utilizadas nesses produtos foram subs- tituídas pelo dióxido de carbono. Um catalisador especial proporciona o nível de reatividade desejado à molécula. NOVO MODELO DE HABITAÇÃO A PREÇOS ACESSÍVEIS A disponibilidade de habitação rápida, acessível e sustentável é um desafio global. A Covestro está desbravando novos caminhos em sua busca por soluções criativas. Junto com parceiros industriais, governos, agências governamentais e a sociedade, a Covestro está desenvolvendo modelos de habitação acessível e execu- tando projetos específicos na Alemanha. Um exemplo é uma construção multiuso emBergisch Gladbach, na Alemanha, que foi planejada e construída pelo conselho local, a empresa de construção pré-fabricada francesa Logelis e a Covestro. PÁS DE ROTOR DA PRÓXIMA GERAÇÃO De acordo com a sua estratégia de sustentabilidade, a Covestro desenvolve ma- teriais e tecnologias para gerar energia renovável - com foco na energia eólica. A empresa desenvolveu uma tecnologia inovadora para a fabricação de pás de rotor para turbinas eólicas. Os rotores são fabricados emumprocesso especial a partir de uma resina de poliuretano e um tecido de fibra de vidro. Para a resina, a Covestro recebeu recentemente a certificação da DNV GL para a China e agora pode forne- cer seus produtos para fabricantes de pás de rotor no país. POLIURETANOS: MARCOS DE UMA HISTÓRIA DE SUCESSO 1937 –Otto Bayer inventa a química do poliuretano 1943 –Novasmarcas: Desmodur (isocianatos) e Desmophen (polióis) 1952 – Primeira espuma flexível feita de TDI e polióis de poliéster 1958 – Revestimentos premium feitos de Desmodur e Desmo- phen (“Revestimentos DD”) 1962 – Estreia da espuma rígida de poliuretano como ummaterial isolante em refrigeradores 1967 – Primeiro carro com um corpo totalmente plástico na feira co- mercial K’67 1970 – Painéis sanduíche com revestimento de metal para envelopes de construção A partir de 1970 – Introdução dos sistemas de poliuretano Baydur para espumas rígidas integrais 1980 –Assentos de carro comvários níveis de dureza 1990 – Espumas viscoelásticas abremuma nova dimensão emconforto 1995 –Agentes de expansão semHCFCs 1998 – Introdução do sistema de pulverização Baypreg para compósitos 2000 – Polióis para revestimentos e adesivos à base da tecnologia Impact 2005 –Avanços nos compósitos de poliuretano 2012 – Baytherm Microcell para sistemas de refrigeração isolantes – tecnologia CO2 2016 – Lançamento no mercado do Cardyon - primeira pá de rotor feita de resina de poliuretano na Ásia No futuro –Desafiando continuamente os limites da inovação

RkJQdWJsaXNoZXIy MTY1MzM=