Revista ConstruChemical - Edição 33

Revista ConstruChemical - Edição 33

REVISTA CONSTRU CHEMICAL 17 ADESIVOS Artecola comemora 70 anos com colaboradores e acionistas DURANTE O ANO, AÇÕES COM DIFERENTES PÚBLICOS IRÃO MARCAR AS SETE DÉCADAS DE ATUAÇÃO DA INDÚSTRIA QUÍMICA FUNDADA EM 1948 A Artecola está completando sete décadas de história. Em maio a empresa, com Matriz em Campo Bom (RS), comemorou 70 anos de fundação, marco alcançado por menos de 0,4% das empresas brasileiras (IBGE). “Nos destacamos pela inovação e sustentabilidade, e para isso contamos com uma equipe qualificada, formada por pes- soas que acreditam no que fazem e escrevem conosco essa longa história empresarial”, afirma o presidente executivo, Eduardo Kunst. Na atual estrutura, a Artecola conta com três áreas de negócios: Indústria (com adesivos e laminados especiais para aplicações nos mais diversos segmentos industriais, como calçadista, moveleiro, papel e embalagem, automo- tivo e construção civil), Consumo (através da marca Afix, oferece um portfólio completo em soluções para cons- truir e reformar, atendendo tanto o especialista como o usuário do “faça você mesmo”, e Extrusão (produtos dife- renciados e de alta performance para diversos segmentos, que incorporam fibras naturais em sua composição). No Brasil, mantém unidades no Rio Grande do Sul, em São Paulo e na Bahia, onde emprega cerca de 300 colabora- dores. Com sua rede internacional, atua em 18 países da América Latina. Em meio a um dos momentos mais emblemáticos des- tas sete décadas, que após um período de crescimento acelerado exigiu lançar mão do recurso da Recuperação Judicial para reorganizar o planejamento financeiro, a empresa segue firme em sua Visão para 2022: Ser refe- rência em soluções diferenciadas, sustentabilidade e só- lida reputação. Kunst reforça o foco na Missão: “Nós da Artecola, existimos para criar valor através de soluções di- ferenciadas, promovendo o desenvolvimento sustentável e facilitando a vida dos clientes. Estamos fortemente alinha- dos a esse princípio, com muita determinação e confiança nos novos rumos da organização”. HISTÓRIA DE SUPERAÇÃO Dificuldades não são novidade para a Família Kunst, há três gerações à frente desta que é uma das principais multinacionais brasileiras. Em 1948, para criar a então Fá- brica de Tintas e Colas (embrião da Artecola), o fundador Francisco Xavier Kunst vendeu o único bem que possuía - a casa onde morava com a esposa e cinco filhos, emNovo Hamburgo (RS) - para ter capital e se associar a Albano Adams. O empresário era dono da Calçados Adams, onde Xavier trabalhava e que se tornaria a principal cliente do novo negócio. Apenas dois anos depois, a Calçados Adams faliu. Foi preciso muito esforço da família Kunst para manter a em- presa de pé e seguir se desenvolvendo. A dedicação de Xavier, de sua esposa Irma e dos filhos garantiu o cres- cimento da Artecola nesses 70 anos. “Passamos a atuar em novos mercados, investimos em inovação, buscamos a vivência internacional para qualificar nossos produtos e gestão, abrimos espaço para novos talentos e apoiamos o desenvolvimento de nossa gente. Enfim, são anos e anos de muito trabalho que nos levaram a ser um dos princi- pais players de capital local na América Latina, em nosso segmento”, enumera Eduardo Kunst. Agora, ao completar sete décadas, a Artecola fortalece sua atuação na área quí- mica. COMEMORAÇÃO Os 70 anos da Artecola foram comemorados em 5 de maio em uma integração entre a Família Kunst (acionis- tas) e os colaboradores com suas famílias, na sede da em- presa, em Campo Bom. Durante o ano, outras atividades serão realizadas para marcar o aniversário junto aos di- versos públicos da Artecola. “É uma data muito significa- tiva, que fazemos questão de festejar junto a funcionários, clientes, fornecedores e comunidade, agradecendo pela parceria que temos nestes 70 anos”, finaliza o presidente.

RkJQdWJsaXNoZXIy MTY1MzM=